Vale do Paraíba Matriz de Santana em Areias
cidades históricas

Vale do Paraíba: conheça as cidades do Vale Histórico – Parte 1

O vale do Paraíba tem um caráter cultural interessante. É uma região antiga do país (quase 400 anos) e algumas de suas cidades, localizadas na divisa com o Rio de Janeiro, conservaram bastante as características coloniais em seus territórios.

São cidadezinhas que não chegam a 12 mil habitantes e que foram preservadas no tempo em seus costumes, arquitetura e cultura locais.

E para que você possa conhecer um pouquinho sobre essas cidades, confira:

1 – Areias

Vale do Paraíba Matriz de Santana em Areias
Matriz de Santana em Areias no Vale do Paraíba.

Fotógrafo: Adriano Godoy • Licença: CC-BY-SA-4.0

Fundado no século XVIII , o povoado de Santana Paraíba Nova , cresceu e foi responsável, no século XIX, pela produção de um décimo da produção cafeicultora do estado de São Paulo.

Foi, portanto, morada de grandes barões dos café e possui fazendas do auge da economia cafeeira.

Além disso, o Centro Histórico é extremamente bem preservado, mantendo
com fidelidade a  predominância da arquitetura colonial.

Alguns dos pontos turísticos são:

  • Igreja Matriz. A obra foi finalizada em 1874 e guarda em seu interior as imagens de Senhora Sant’Ana e de São Miguel. Além disso, importado da Bélgica, seu sino pesa mais de 1 tonelada. Era sempre tocado em momentos importantes, como no fim da guerra de Canudos (1897) e do Paraguai (1870) e na assinatura da Lei Áurea (1888);
  • Vargem Grande. O local, que beira a Serra da Bocaina, remonta aos anos 40 do século XIX e foi uma das fazendas mais produtivas na época áurea da produção de café;
  • Mirante. Com uma vista exuberante, é um ótimo local para um passeio tranquilo e colocar o papo em dia. Foi construído em 2010 e localiza-se em um dos pontos mais altos da cidade.

2 – Arapeí

É uma cidade bem pequenina, que não chega a 3 mil habitantes, o que promove um clima bucólico, realmente propício para um município que preza pelo resguardo de seus costumes e patrimônio cultural.

Logo, não faltam oportunidades de lazer em Arapeí. Confira:

  • Pedra do Caxambu. Situada ao pé da Serra da Bocaina, é necessário que se faça uma caminhada de 6 km para se chegar ao local. Mas a distância não é um impedimento, pois a paisagem é verdadeiramente estimulante: as trilhas são belas e até uma hidrelétrica pode ser vista no caminho;
  • A Praça Alambary é uma das ótimas oportunidades de passeio, pois se situa na região central do município. E a partir do local é possível se locomover mais facilmente para outras regiões da cidade;
  • Fazenda São Luiz. A 2,8 Km do Centro Histórico, o local guarda seus encantos, onde se permite o passeio pela Mata Atlântica, o conhecimento de várias cachoeiras e a presença da Caverna do Alambary, que além de belíssima, tem várias psicinas naturais.

3 –  Bananal

Vale histórico Matriz do Senhor Bom Jesus do Livramento Bananal
Matriz do Senhor Bom Jesus do Livramento Bananal no Vale histórico

Fotógrafo: Halley Pacheco de OliveiraLicença: CC-BY-SA-3.0

Bananal é uma das cidades do Vale do Paraíba que tem o patrimônio histórico mais bem preservado. Seu casario colonial encontra-se preservadíssimo e suas fazendas são um ponto forte do Vale Histórico.

Como se isso não fosse o suficiente, é obrigatório lembrar que o município esbanja cachoeiras.

Logo, não perca tempo e veja alguns dos pontos turísticos interessantes:

  • A novela Sinhá Moça (2006) foi gravada na Fazenda Boa Vista, a maior localizada em Bananal. Construída em 1780, protagonizou a produção de café no século XIX;
  • Há uma propriedade particular chamada Recanto das Cachoeiras. Além de Bracuí e Mimoso, que se encontram próximas ao Centro e em área pública;
  • A Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus do Livramento é uma das preciosidades históricas dessa terra.

Gostou?

Este é um texto voltado para quem gosta de cidades históricas. Por isso foquei nesse conteúdo preciosidades do Vale do Paraíba escondidas ao pé da Serra da Bocaina.

Logo aproveite e confira a segunda parte deste conteúdo focado no Vale Histórico!

The author: Fábio Seletti

Jornalista por formação. Empresário de profissão. Paulista de nascimento. Mineiro de coração.