Conheça o distrito de Glaura em Mg

Glaura em MG
O distrito de Glaura em Mg é perfeito para relaxar e sorrir

imagem: Samara Araújo

Não tem nada tão aconchegante para descansar após uma semana corrida ou em um feriado prolongado como o distrito da Glaura em MG.

Glaura é aquele pedaço do paraíso onde nossos problemas ficam adormecidos e o nosso espírito fica mais leve. O distrito se localiza a apenas 70km de Belo Horizonte e a pouco mais de 20km de Ouro Preto.

Porém, nem sempre a tranquilidade reinou no lugar. Glaura foi mais um dos muitos distritos fundados por uma tragédia anunciada do ciclo do ouro: a fome.

Foi fundado primeiramente como Santo Antônio do Campo de Casa Branca, lá pelo final do século XVIII.

Esse foi um momento em que a região dos inconfidentes ainda era rica em ouro fácil. Logo, a febre da mineração trouxe muitos garimpeiros incautos em busca de fortuna. E o problema é que não havia suprimentos suficientes para manter a grande quantidade de pessoas.

Ouro Preto chegou a ter 20 mil habitantes no auge do ciclo do ouro.

Por conta disso, muitos garimpeiros morriam por excesso de trabalho e doenças agravadas pela desnutrição. Logo, pode-se dizer que não era fácil a vida aqui na região naquela época.

Dada a escassez, as pessoas foram forçadas a desbravar locais onde pudessem plantar e criar animais. Buscavam a sobrevivência em regiões próximas. Com isso, nasceram alguns distritos daqui da região. Glaura estava entre eles.

E muitos daqueles que saíram em busca de um lugar melhor para viver tiveram sorte. Muitos dos locais descobertos tinham uma considerável quantidade de ouro e ficavam entre rotas comerciais estabelecidas. Isso que permitiu que os povoados crescessem e se consolidassem.

Glaura em MG: palco de uma guerra

Quem passa aqui pela região da Glaura e Cachoeira do Campo nem imagina que essas terras foram palco de um terrível confronto. A Guerra dos Emboabas durou 2 anos no início do século XVIII.

O confronto se deu pela disputa pelo direito de explorar o ouro da região. Com isso, bandeirantes paulistas e portugueses do resto do Brasil se enfrentaram.

Os bandeirantes foram vencidos e muitos dos portugueses se instalaram em Glaura. Assim, trouxeram consigo traços de sua cultura que duram até os dias hoje em traços do artesanato ou da culinária da região.

A Igreja Matriz

Como todo distrito histórico, o centro da cidade possui sua igreja principal, no caso a Matriz de Santo Antônio. Construída em 1764 em homenagem ao padroeiro do arraial, é a única igreja do povoado.

A igreja possui 4 altares laterais detalhados e um altar central modesto, todos bem construídos em madeira. É uma igreja pequena se compararmos com as igrejas de Mariana e Ouro Preto.

A Matriz de Santo Antônio está em reformas e aguardamos ansiosos para ver o resultado.

Glaura em Ouro Preto: suas ruas bem conservadas

O charme maior do distrito da Glaura em Ouro Preto são as suas ruas próximas a matriz com o casario em excelente estado de conservação.

E tem um detalhe muito importante: o centro é praticamente plano e com ruas largas se comparadas à Ouro Preto. Quem não gosta de subir morro, vai se dar muito bem com as confortáveis ruas do distrito.

As ruas histórias também não são de pedras como nas cidades históricas. O calçamento é de paralelepípedo, o que as deixa muito mais confortáveis de andar e sem perder o charme de interior.

O Artesanato

Como todo lugarejo de interior, o artesanato é uma forte expressão da cultura local e na Glaura não é nada diferente. Almofadas, tapetes, panos de prato e estandartes religiosos usados nas festas do local.

Não posso esquecer também dos doces! Se você gosta de doces caseiros, a Glaura é o local certo para fazer uma visita e reabastecer seu estoque particular. Também serve para levar aquele seu amigo especial. E quem sabe até mesmo para fazer aquela média com o chefe no serviço?

Ambientes para todos os gostos

Aqueles que quiserem uma experiência gastronômica mais refinada, o Empório Caza Branca é o local adequado. Com ambiente requintado, confortável e bastante amigável, o Empório Caza Branca é aquele local perfeito para uma refeição sem pressa. Principalmente na volta para casa, na presença dos amigos e familiares.

Há quem prefira, assim como eu, locais mais simples, principalmente pela maior interação entre as pessoas. E o Bar Casa Branca em frente à Matriz de Santo Antônio é o local ideal.

O Bar Casa Branca é aquele típico bar de interior. Não tem carro de som próximo, cerveja extremamente gelada, tira gosto sem frescura e bem preparado. As instalações muito limpas, incluindo o banheiro, e um varandão coberto para admirar o distrito.

Excelente momento para levar um papo

Quando eu vou a um lugar como o distrito da Glaura, eu gosto de fazer amizade com os moradores do local.

Quero ouvir suas histórias, saber o que se passa na região e ver que minhas preocupações são tão supérfluas que não vale a pena queimar a cabeça com elas.

Certa vez encontrei num bar semelhante ao Casa Branca um senhor que morou na Glaura durante muitos anos. Ele se chamava Seu Sebastião.

Ele me contou que quando era novo, ele pegou um avião para Brasília em que a lataria era parecida com uma lona de caminhão! O avião sacolejava e a lona fazia barulho. Ele contava e ria dizendo que realmente não sabia se ia chegar vivo. Mas se chegasse que ia acender uma vela para Santo Antônio. São histórias que a gente só escuta em bares como esses.

Distrito histórico gosta é de festa!

Se tem uma coisa que todo distrito é famoso aqui na região é pelas suas festas.

Na Glaura as duas principais festas são a do santo padroeiro, Santo Antônio, e a do Rosário.

A festa de Santo Antônio acontece todo mês de julho e geralmente são 3 dias de evento. Sexta, sábado e domingo. Como toda festa de caráter religioso, acontecem missas e procissões pelo lugar, além de apresentações artísticas.

A festa do Rosário acontece todo mês de Outubro e também dura alguns dias. São geralmente três,  sexta, sábado e domingo. Esse festejo se divide em duas partes, a religiosa e a cultural com várias apresentações artísticas.

De longe, essas duas festas são as melhores ocasiões para quem quiser conhecer o distrito da Glaura em Ouro Preto.

Ah, não se esqueça de levar ao menos uma blusa de frio quando for visitar a Glaura. O distrito está localizado em uma região com quase 1100 metros de altitude. Essa característica faz com que faça frio até mesmo no verão!

Se você gostou ficou com vontade de conhecer o Distrito da Glaura em Ouro Preto compartilhe esse texto com algum amigo, quem sabe vocês não vão para lá no próximo feriado?

Assine também a nossa newsletter e fique por dentro de muitos outros locais interessantes de se conhecer!

E não deixe de comentar em nosso post sobre os distritos de Ouro Preto que já visitou. Opiniões são muito bem-vindas!

E se está com água na boca e quer dar uma passadinha em Glaura, alugue seu carro agora:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *