Jair Inácio
Ouro Preto

Jair Inácio De Ouro Preto: O Mestre Que Tocou A Alma Da Arte Barroca

O sol brilhou mais forte no dia 2 de agosto de 1932 no distrito de Antônio Pereira. Nascia Jair Inácio, de Ouro Preto. Nesse momento histórico veio ao mundo o grande artista e messias da restauração, o salvador da arte barroca ouro-pretana.

Jair era homem culto e obstinado no cultivo da cultura mineira. Se as duras pedras dos magníficos templos ouro-pretanos estão hoje em pé, é porque Jair Afonso Inácio tratou delas com amor. Em igreja por igreja.

O visionário

Era um homem de visão, um evento a parte. Daqueles de impressionar. Seus feitos são vários. Fundou o mais conceituado curso de restauração do país. Restaurou várias igrejas. Pintou várias obras.

Jair Inácio
Jair Inácio, o mestre da restauração.

Mas tudo veio com trabalho duro e suor.

O grande artista era provindo de família muito humilde. Desde pequeno aplicou-se aos trabalhos duros e aos estudos. Filho de mãe viúva, precisou com os quatro irmãos entregar-se a labuta desde cedo para ajudar a manter o sustento da família.

Mudança

Em busca de melhores oportunidades, mudaram-se do distrito de Antônio Pereira para Ouro Preto. Ali seria concebida toda a genialidade desse grande mestre. Aproveitou a oportunidade para aprofundar os estudos.

Com o tempo, os dons foram surgindo. A facilidade com o aprendizado em línguas era impressionante. Falava fluentemente inglês, alemão, italiano, francês, flamengo e espanhol, além do português, é claro. Um total de sete línguas que aprendeu sozinho na escola da vida. Um belo indício da grande capacidade e maestria que havia irrompido nas terras da Inconfidência.

O artista surge

Aos 14 começa a pintar. Sua primeira obra foi um quadro a óleo que retratava sua mãe. Aos 15, encantou uma turista francesa com a beleza de suas telas. Estavam expostas nas ruas ouro-pretanas. Dali o destino das pinturas foi uma exposição em um hotel em Paris.

Foi um sucesso completo! Dos 15 quadros expostos, 12 foram vendidos. Ali a genialidade de Jair Inácio de Ouro Preto ganhou o impulso necessário e a sua carreira no mundo dos quadros, óleos e restauração decolou.

O artista se desenvolveu

Mais maduro na idade e na experiência, em 1957, aos 25 anos, Jair Inácio já era um nome de respeito no cenário da restauração em Ouro Preto, tendo feito e participado de algumas restaurações importantes por Minas Gerais.

Neste mesmo ano, suas obras são expostas novamente em Paris. Dessa vez no Salão Latino Americano. Com isso, Jair Inácio ganha o mundo. Alça voo de Ouro Preto e Minas Gerais para mostrar e realizar suas obras em vários locais como Rio de Janeiro, Bélgica, França, Dinamarca, Alemanha, Espanha, Suíça, Portugal, Inglaterra e Estados Unidos.

Quando esteve no Rio de Janeiro, estudou com o mestre Jordão de Oliveira, com quem se aprofundou na arte da pintura, e trabalhou com Heitor dos Prazeres, em seu ateliê no bairro do Bonsucesso.

Assim surgiu Jair Inácio de Ouro Preto, aquele cujas mãos tocaram em Deus.

O mestre Jair Inácio de Ouro Preto é eterno

Jair Inácio viveu e morreu de amores por Ouro Preto. Sua vida fora devotada ao cultivo dos bens patrimoniais, hoje tesouros da humanidade, que compõe o centro histórico ouro-pretano. Se hoje o nome da cidade se sobre-eleva é graças à consagração deste homem à preservação da cultura.

Gostou?

Esse foi um aperitivo de uma série que traremos do notável ouro-pretano. E você, o que achou da história de Jair Inácio? Aproveite e comente a respeito nesse post!

The author: Gabriela Pinheiro

Professora que se encantou pelo caminho das palavras e das imagens e usa os seus dons para cultivar o turismo em nossas maravilhosas cidades históricas.

Warning: Cannot assign an empty string to a string offset in /home/wolfdesign/public_html/outrosrelatos.com.br/wp-includes/class.wp-scripts.php on line 454