Rua de Cima, em Mariana
Mariana

Mariana em Minas Gerais: minhas memórias

Hoje iremos abordar um assunto inusitado e que, eu acredito nunca antes comentado em algum material midiático sobre nossa região. Puxei um pouco a minha memória e lembrei os passeios infantis pelas ruas históricas de Mariana em Minas Gerais, minha cidade natal.

A famosa Praça Gomes Freire, o Jardim de Mariana, possui duas ruas, a rua de cima e a de baixo, paralelas entre si e que são donas da famosa história sobre a rua dos ricos e a rua dos pobres.

Esta rua de cima, que leva o nome oficial de Rua Barão de Camargos, era considerada a rua onde as pessoas mais ricas se encontravam e permaneciam por ali nos barezinhos com mesinhas na rua e também dentro do famoso Clube Marianense, lugar de festas e piscina.

Há muitas vantagens em Morar em Mariana – Minas Gerais. Uma delas é poder aprender a andar de bicicleta na Rua.

Mariana Minas Gerais - Rua de Cima, em Mariana
A Rua de Cima, em Mariana

Aonde aprendi a andar de bicicleta

Mariana Minas Gerais - Rua de Cima, em Mariana - Outra visão da Rua de Cima
Uma visão diferente, da Rua de Cima

Se eu pudesse escolher duas ruas que me remetem boas lembranças, eu escolheria ambas que cercam o nosso Jardim, mas é inevitável não lembrar com carinho, um sorriso no rosto e aquela sensação de voltar ao passado por um segundo, da bela, charmosa e famosa Rua de Cima – Vou me dar o direito de chamá-la pelo apelido que tanto gosto.

Nesta rua histórica com casarões onde hoje estão o Clube Marianense, Restaurante Rancho e Casarão, além de uma charmosa lojinha artesanal, foi onde eu aprendi a andar de bicicleta, onde brinquei muito com meus pais e primos quando saíamos pra dar aquela voltinha na cidade, como todo bom mineiro do interior faz, e onde ia passar os fins de semana com os meus pais, tios e primos sentados nas mesinhas do lado de fora do famoso e eterno bar Saloon.

O Saloon também me traz boas lembranças

Saloon foi um barzinho rústico com decoração estilo Faroeste e que infelizmente mudou de local e onde, por muitos anos, da minha infância até o começo da juventude, funcionou como ponto de encontro da população marianense.

De estudantes da UFOP até pessoas mais idosas, todos adoravam se encontrar por ali e ficar tanto do lado de dentro escutando uma música ao vivo e admirando a decoração Faroeste, quanto do lado de fora, em pé nas ruas ou sentados nas mesinhas que por ali ficavam.

Mariana em Minas Gerais: minha infância

Na minha infância, sempre sentava na mesinha do lado de fora e com a melhor vista, pois dali eu e minha família conseguíamos ver a Igreja do São Pedro dos Clérigos, outro presente que essa bela rua proporciona. Ali, minha mãe sempre pedia a famosa batata recheada do Saloon, enquanto meu pai pedia uma porção e bebia com meus tios.

Já no começo da juventude, quando comecei a sair, eu gostava mais de ficar em pé ao lado de fora conversando com amigos e conhecendo pessoas novas. Também adorava ficar ao lado de dentro, por causa da famosa decoração.

Por tudo isso, a Rua de Cima tem um lugarzinho especial no meu coração e, dentre tantas ruas que amo aqui na minha cidade, é a minha rua preferida.

Essa é a rua de Mariana em Minas Gerais, que eu mais amo. E você qual é sua preferida em sua cidade? Aproveite para comentar aqui no post!

Gabriela Pinheiro

Professora que se encantou pelo caminho das palavras e das imagens e usa os seus dons para cultivar o turismo em nossas maravilhosas cidades históricas.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *